Cross Over – Conheça mais afundo!

queima-48-350x300

Vamos aprender ao final deste artigo tudo sobre o exercício para o peito cross over. Qual o músculo trabalhado, qual o objetivo, como executá-lo corretamente e este conhecimento tornará seu treino mais eficaz.

Como de costume para a maioria, a segunda-feira é dia de treino. As pessoas costumam começar a treinar o grupo de músculo que é mais conhecido e o mais desejado a evolução.

Mesmo o músculo do peitoral sendo bastante conhecido e trabalhado, algumas pessoas insistem em usar somente os supinos para realizar o exercício. O exercício não é tão simples como colocado, este exige um grande potencial e uma grande eficácia na sua execução.

Como ganhar músculo rápido!

Untitled-1

Não podemos descartar a existência de outros importantes exercícios para a região do peitoral, muitas vezes desvalorizado. São eles por exemplo as barras paralelas, isoladores, crucifixo, puxada com cabo, e nele está o cross over.

O cross over é um exercício muito importante no treino para o peitoral porque ele pode atingir o grupo muscular por completo. Mas também ao mesmo tempo pode dar ênfase a determinada parte do peitoral dependendo da altura em que os cabos são posicionados.

Geralmente o objetivo do cross over é trabalhar a região inferior, então eles são colocados em uma altura acima do corpo, fazendo o atleta puxar de cima para baixo os cabos. Sendo assim podemos colocá-lo na altura dos ombros ou abaixo do tronco, trabalhando respectivamente a região mediana e a inferior do peitoral.

crossover

O cross over tem uma vantagem sob os demais exercícios, pois ele é executado com cabos, o que possibilita para o atleta uma estabilidade e menor recrutamento dos músculos estabilizadores, há uma tensão contínua, é um exercício que é isolador e de lapidação do músculo. Ele pode simular os crucifixos, requer um trabalho lombar e de abdômen para ganhar mais estabilidade.

Mesmo o cross over sendo um exercício muito executado nas academias, alguns tem o “dom” e conseguem fazer de forma incorreta das mais inusitadas que você possa imaginar. Vamos ver aqui o básico então.

  • Tipo: Hipertrofia, lapidação muscular
  • Músculo Foco: Peitorais (dependendo do ângulo a ser utilizado, atingirá porções diferentes)
  • Músculos auxiliares: Deltoides anteriores, abdômen, lombar e outros músculos estabilizadores
  • Equipamento usado: Cabos.
  • Tipo mecânico: Isolação
  • Dificuldade: Média/fácil
  • Tipo de força: Empurrão, prensa
  • Dica para executá-lo: Fique ao centro de duas polias e posicione os cabos na altura que achar necessário de acordo com a região que deseja enfatizar no músculo do peitoral. Selecione um peso adequado, ele precisa de uma boa intensidade, mas cuidado com os trancos que vão trabalhar os auxiliadores do que o músculo que você esta desejando.

Abra a articulação dos ombros com os cotovelos semiflexionados (bem pouco mesmo), faça uma prensa enquanto estufa o peitoral e solta o ar. Na parte excêntrica respire, enquanto abre de forma controlada a articulação do ombro. Importante contrair o abdômen para estabilização do seu corpo, deixando a coluna reta.

Importante você focar o exercício no peitoral e não nos braços e ombros.

- - - -

E se você quer realmente definir seu abdômen, secar a gordura ou simplesmente ficar muito forte, conheça a Fórmula 47... Você vai se surpreender!

Quero Saber Mais!

RESULTADOS GARANTIDOS! Clique no botão acima e conheça a Fórmula 47, que vai fazer você ter o corpo que sempre sonhou ;)

Dê uma nota para esse post:

Faça um comentário